Texto: Adriana Araujo

Texto: Adriana Araujo

Com o mercado cada vez mais competitivo, a busca por qualificação de profissionais de todas as áreas é constante. Uma opção para aqueles que não possuem tempo ou estão sem recursos para investir são os cursos online de instituições renomadas como a Fundação Getúlio Vargas e do próprio Ministério da Educação. A vantagem é poder estudar no seu próprio ritmo, quando quiser. A maioria dos cursos emite certificado de participação.

A Fundação Getúlio Vargas oferece opções de cursos gratuitos nas áreas de Finanças Pessoais, Sustentabilidade, Direito, Gestão Empresarial, Gestão de Marketing, Gestão de Pessoas, História e Ética, Educação e Comunicação, Gestão Socioambiental etc. Os cursos tem duração de até 30 horas. Todos possuem certificado de conclusão para alunos que obtiverem média igual ou superior a 7,0 no teste final.

Graduandos de universidades públicas e privadas, estes com nota superior a 600 pontos no ENEM, e alunos de pós-graduação de instituições indicadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) podem estudar inglês online gratuitamente com o curso My English Online, do Ministério da Educação.

Dividido em cinco níveis de aprendizado (Iniciantes, Básico, Pré-Intermediário, Intermediário e Avançado), o curso tem início com um teste de nivelamento, que decide o patamar mais adequado para o aluno. Todo o material didático está disponível online. Para cada nível concluído, o aluno recebe um certificado.

Outra plataforma online que oferece cursos gratuitos é o Veduca. Nela, o aluno pode assistir aulas sobre Gestão de Projetos, Liderança, Finanças Pessoais, Administração, Plataformas Digitais, Sustentabilidade, entre outros, em cursos de até 60 horas de duração. O acesso às aulas e demais materiais didáticos é gratuito, porém para emissão de certificado é necessário pagar uma taxa de R$49,90.

A Fundação Bradesco também oferece cursos online gratuitos nas áreas de Administração, Gestão e Governança, Banco de Dados, Desenvolvimento de aplicativos, entre outros, por meio da Escola Virtual. Os cursos tem carga horária variada e é possível obter declaração de participação.

A professora de Geografia Ana Beatriz Coelho, que está fora do mercado formal, no momento, aproveita o tempo livre para se qualificar. “Eu não consigo parar de estudar, mas  cursos presenciais exigem deslocamento, às vezes o professor adota metodologias que discordamos. No curso online você estuda a hora que quer, você manda. Existem prazos a serem cumpridos, mas você pode cumpri-los da maneira que quiser”, explica a geográfa, que atualmente faz três cursos do Veduca, o de inglês do MEC, e ainda outros dois da Fundação Bradesco.

“Os cursos são uma boa maneira de estudar. Eu sou da área da educação, mas gosto de diversificar os assuntos que estudo, para ter mais oportunidades. Se aparecer uma vaga de trabalho em outra área, eu já tenho uma base de administração, gestão de projetos, liderança, que podem me auxiliar”, comenta a professora.

Serviço:

Fundação Getúlio Vargas: http://www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos/

My English Online: http://www.myenglishonline.com.br/

Veduca: http://veduca.org/

Fundação Bradesco: http://www.ev.org.br/Cursos/Paginas/Online.aspx

 

Imagem: https://goo.gl/images/n37soV