Texto: Adriana Araujo

“Para quem vai iniciar um novo negócio, as principais vantagens [da franquia] são a diminuição do risco e do tempo de retorno do investimento obtidos por já começar com um modelo testado, em que muitos erros já aconteceram e foram corrigidos, podendo assim encurtar a distancia até o sucesso”. Esse é o principal atrativo para investir em uma franquia, segundo o artigo “Como Funcionam as Franquias” do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O modelo de negócio das franquias continua em franca expansão no Brasil, segundo o CEO da agência de marketing digital Guia-se Negócios pela Internet, José Rubens Rodrigues. “Hoje todas as marcas estão crescendo bastante, todos os segmentos, mas posso destacar os setores de alimentação e serviços como os que mais crescem e recebem investimentos”, avalia.

Rodrigues, que é autor do livro CheckList Minha Franquia, esclarece que não basta ter recursos para investir em uma franquia, é necessário ter perfil empreendedor. “É preciso levar em conta qual o tipo de investidor para determinado tipo de negócio. Algumas franquias exigem um perfil mais técnico enquanto outras precisam de um perfil mais comercial. No fundo, o que se busca é um perfil empreendedor, um profissional com atitudes empreendedoras”, explica.

Esse perfil empreendedor foi o que fez com que Glaucio Nogueira investisse na franquia Nutty Bavarian, especializada na comercialização de castanhas, nozes etc. no Parque Shopping Jardim Sulacap. Nogueira, que está investindo no negócio há poucos meses, conta que enfrentou desafios, mas sem desanimar. “Inaugurei em setembro de 2016 em um shopping que não me deu resultado. No terceiro mês, acabei mudando para o Jardim Sulacap. Mas empreender é isso! Reinaugurei a operação no dia 1/12/2016 e tive uma boa surpresa em dezembro. A aceitação foi muito boa nesse shopping”, conta o franqueado.

O apoio da franqueadora foi essencial nos desafios enfrentados por Nogueira. “Você só saberá  se a franqueadora te dará suporte quando você precisar. No meu caso precisei muito e fui muito bem atendido. Atendeu totalmente as minhas expectativas. Em todos os momentos que mandava mensagem ou ligava, eles me atendiam de imediato”, comenta. O especialista em franquias, José Rubens Rodrigues, explica melhor o papel da franqueadora no processo: “Além de promover a marca, um dos papéis da franqueadora é promover o conhecimento. É colaborar. Fazer com que aquela pessoa que está adquirindo a franquia tenha acesso às informações mais rapidamente do que se ela fosse abrir um negócio por conta”, esclarece. Ainda de acordo com Rodrigues, é papel das franqueadoras acompanhar e oferecer suporte a todas as operações.

O franqueado da Nutty Bavarian, Glaucio Nogueira, conta que ainda não obteve retorno, devido ao pouco tempo de investimento, mas já avalia o investimento como uma grande experiência: “Tem sido um aprendizado muito grande. Experiência única! O conselho que posso dar é que sempre o pontapé inicial tem que partir do franqueado. Seja proativo, identifique seus problemas e peça ajuda da franqueadora”, aconselha.

“Outras dicas para o empreendedor que deseja abrir uma franquia é buscar uma franqueadora que seja associada à Associação Brasileira de Franchising (ABF) e que também tenha o Selo de Excelência em Franchising, chancela que comprova que aquela franqueadora tem excelência no atendimento ao franqueado”, finaliza Rodrigues.

Artigo Sebrae: http://www.sebraepr.com.br/PortalSebrae/artigos/Como-funcionam-as-franquias

Imagem: Pixabay