Texto: Adriana Araujo

Inaugurada em 1996 aproveitando instalações criadas para ECO-92, a Lona Cultural de Bangu passou por reformas em 2000 e 2015, nesta última tendo seu nome alterado para Areninha Hermeto Pascoal, em homenagem ao músico instrumentista e antigo morador do bairro. O espaço oferece oficinas de artes cênicas, danças, música, esportes, turismo, hotelaria, desenho, além de área externa com 300 lugares para espetáculos, visando oferecer opções culturais nos bairros fora do eixo Zona Sul – Centro da cidade.

O espaço, que recebe frequentadores não apenas de Bangu, mas também de bairros como Realengo, Padre Miguel, Senador Camará, tem programação própria que pode ser aproveitada de forma gratuita ou mediante pagamento de valores simbólicos, de acordo com a produção do espetáculo.

A coordenadora da Areninha Hermeto Pascoal, Carla Martins, atenta para a diversidade de eventos da programação: “Em nossa agenda temos atividades para todas as faixas etárias. Ofertamos oficinas de música, esporte, dança e teatro além, de shows, teatro infantil e adulto, exposições, feiras de artesanato, feiras gastronômicas, sarau de poesia, entre outros”, conta.

O público beneficiado por mês pela Areninha é estimado em 4.400 pessoas pela coordenadora do local. No ano passado, o público beneficiado chegou a cerca de 40 mil pessoas, mesmo com as atividades suspensas no início do ano para a reforma que começou em 2015. A lona foi reinaugurada há um ano, em março de 2016.

Carla Martins destaca a importância do local em promover acesso à cultura de forma democrática aos moradores da Zona Oeste.  “Inserimos o indivíduo na cultura por meio de oficinas, cursos e espetáculos, quebrando a monotonia das atividades de lazer existentes na região e gerando contribuições artísticas instigantes e criativas, desenvolvendo práticas relevantes no subúrbio de forma acessível e democrática”, avalia a coordenadora da Areninha.

“O projeto fomenta a interação da comunidade, oferecendo oportunidade de conhecimento e despertando interesse no descobrimento de outras possibilidades culturais, entretenimento aonde não existe,  próximo a sua residência.  Estes encontros refletem na sociedade local de maneira altamente positiva, aumentando significativamente a autoestima, completando a educação básica, fazendo com que todos participem de um projeto que irá criar e manter novas plateias”, completa Carla.

As Lonas Culturais são um projeto da prefeitura do Rio de Janeiro e estão presentes em diversos bairros da cidade. Na Zona Oeste também possuem Lonas Culturais os bairros de Realengo, Jacarepaguá, Campo Grande e Santa Cruz. Informações sobre todas as lonas estão disponíveis em: http://www.rio.rj.gov.br/web/smc/lonas-culturais.

Serviço:

Endereço: Praça 1º de maio s/nº – Bangu -Tel.: 3463-4945

Funcionamento: Segunda a sexta, das 10h às 18h / Sábados, Domingos e Feriados , quando houver programação cultural, a partir das 14h.

Facebook: https://www.facebook.com/lonadebangu

Imagem: http://www.folhadaterranet.com.br/index.php/2016/05/03/prefeitura-inaugura-areninha-carioca-hermeto-pascoal-em-bangu/