Um dos pré-requisitos mais solicitados aos candidatos em busca de colocação no mercado de trabalho é o conhecimento avançado em inglês. Dependendo da oportunidade, até mesmo a fluência é exigida e um bom curso de idiomas é fundamental para proporcionar esse domínio, que é útil não apenas para oportunidades profissionais mas também para viagens, entre outros. Os moradores de Campo Grande podem adquirir essa habilidade em uma das duas unidades da Cultura Inglesa instaladas no bairro. A primeira filial do curso, instalada no bairro há mais de 60 anos, fica no coração de Campo Grande, bem no calçadão. Para atender a demanda excedente de alunos, foi aberta há cinco anos a segunda filial, junto ao West Shopping.

A gerente da unidade da Cultura Inglesa no calçadão de Campo Grande, Renata Rocha, conta o motivo da alocação de duas filiais da empresa no bairro. “A Cultura Inglesa Campo Grande está no bairro há mais de 60 anos, e é um dos cursos mais antigos da região. É uma área que sempre teve potencial de desenvolvimento, que vimos acontecer desde o início da nossa história no bairro. O acesso é favorecido pelo transporte público (ônibus, trem, BRT), e cada vez mais as pessoas procuram fazer as coisas por aqui, e não precisam se deslocar para a Barra ou para o centro da cidade para ter acesso a serviços e entretenimento. Consideramos que o Park Shopping e o West Shopping contribuíram muito para esse exponencial crescimento do bairro, e estamos sempre promovendo eventos nesses espaços públicos. O investimento imobiliário na região continua grande, e consideramos que ambas as filiais tem muito potencial para continuar atendendo aos alunos coma melhor qualidade de ensino de Inglês da cidade”, comenta.

Renata Rocha detalha os cursos disponíveis nas unidades: “Temos cursos para todas as idades, tanto para iniciantes quanto para pessoas que já têm conhecimento de Inglês. O curso Fun é para crianças de 5 e 6 anos; o curso Play in English para 7 anos; o curso Junior para 8 e 9 anos; e o curso Basic para 10 a 12 anos. Além dos cursos de crianças, temos também o Young Express para adolescentes a partir de 14 anos – entendemos que muitos alunos chegam nessa faixa etária sem nunca ter entrado num curso, então temos o curso ideal para iniciantes que já não são crianças, sem misturá-los com os adultos. Quando o aluno tem mais de 18 anos, temos as turmas de adultos em dois cursos diferentes – o Cultura Express e o Say It! O Cultura Express é o curso que vai desenvolver as quatro habilidades (leitura, escrita, compreensão e fala) de forma completa, até levar o aluno para o nível avançado de Inglês. O Say It! é um curso mais curto, de duração de 2 anos, para quem tem objetivos específicos de comunicação em contextos simples, com mais foco na parte oral. Qualquer que seja a idade, o nível de Inglês e o objetivo da pessoa, temos o curso ideal para oferecer”, salienta a gerente da Cultura Inglesa. Além dos cursos regulares, a empresa oferece preparatórios para exames de certificação internacional e conversação para aqueles alunos que já dominam o idiomas e querem manter também a fluência verbal.

Para o próximo ano, a Cultura Inglesa já está com matrículas abertas e oferece descontos de 40% no valor da mensalidade para quem se matricular até o fim deste ano, que se manterá até o final do curso. Além disso, o  parcelamento do material didático poderá ser em até seis vezes no cartão. A oferta é válida para matrículas feitas ainda em 2017. A partir de 2018, o material só pode ser parcelado em duas vezes. Para os associados da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande o benefício é de 45% de desconto na mensalidade até o final do curso, para matrículas efetuadas até o final deste ano.

Renata Rocha esclarece outros contextos em que o inglês é importante para as pessoas, além dos já tradicionais motivos profissionais e educacionais: “Em um mundo cada vez mais conectado, quem não fala inglês acaba ficando ‘de fora’, ‘pra trás’. Falar inglês faz toda a diferença nas mais diversas situações. Acho que a maioria das pessoas tem essa visão hoje em dia, principalmente no âmbito profissional. Muitos dizem que perdem oportunidades de promoção na carreira pela falta do inglês, ou oportunidades de trabalhar em outros países, ou de participar de reuniões e conferências em inglês. Mas não é só na vida profissional que eu vejo que o inglês faz muita diferença. Nossa vida está mudando. As formas de entretenimento e de comunicação estão mudando. Falar inglês deixou de ser uma coisa que só quem faz é quem tem muito dinheiro, quem viaja pro exterior. Eu uso inglês no meu dia-a-dia, aqui no Brasil mesmo, não só quando viajo. Eu saio à noite no Rio de Janeiro e conheço pessoas estrangeiras. Eu faço amigos do mundo todo através de interesses comuns, pela internet. Tenho amigos na Polônia, na China, na Austrália, com quem eu falo via Skype, sempre em inglês. Tenho muito orgulho do que fazemos aqui. É muito mais do que ensinar uma segunda língua; é expandir os horizontes e as possibilidades dos nossos alunos, e realmente promover uma mudança positiva na vida das pessoas”, declara a gerente, que começou sua história com a empresa como aluna ainda na adolescência.

 

Imagem: Pixabay