Assim como para os humanos, as estações de baixas temperaturas são sinônimos de doenças respiratórias para os animais. Pneumonias, bronquites e asma, além das doenças virais que acometem as vias respiratórias, como a rinotraqueíte, são apenas alguns dos problemas que podem acometer os pets e preocupar os tutores.

“A prevenção passa pela vacinação anual dos cães e gatos e consultas periódicas no médico veterinário. É bom evitar também lugares com grande concentração de animais, sair com o pet em horários em que a temperatura não esteja muito baixa, evitar passear na chuva, dentre outros”, afirma a médica veterinária do Hospital Popular de Medicina Veterinária (HPMV), Aline Violante.

Para ajudar os tutores a melhorar a saúde dos pets na região, Aline Violante indica que, além da rotina com consultas médicas, banhos a cada 14 dias com produtos veterinários, realizar prevenção para pulgas e carrapatos, manutenção da vacinação em dia, passear com o pet em dias frescos e com temperatura amena, promover uma alimentação balanceada com ração de qualidade.

HPMV deve expandir ainda mais na Zona Oeste

O hospital possui  três unidades, todas na Zona Oeste: Barra, Padre Miguel e Campo Grande. Segundo o CEO do HPMV, Brunno Galvão, a unidade de Campo Grande, inaugurada no fim do ano passado, será expandida. Ele também prevê a reforma da recepção em Padre Miguel.

A média de atendimentos em cada unidade é de 30 a 40 animais por dia. Sendo clínico, com especialista (oncologista, dermatologista, neurologista, dentre outros), aplicação de vacinas, realização de exames de imagem, além de cirurgias e internação.

“Pretendemos levar a marca HPMV para outras regiões no Rio que não são a Zona Oeste”, declara Galvão.

Saiba mais: https://www.facebook.com/HospitalPopularVeterinario/ ou http://hospitalpopularveterinario.com.br/

 

Imagem: Pixabay