Nos dias 17 e 18 de agosto, próxima sexta e sábado, será realizado em Campo Grande o evento “Mês da Rexistência”, organizado pelo Coletivo Rexiste CG. O objetivo é promover atividades que evidenciam articulações políticas e movimentos culturais na Zona Oeste por meio da promoção de debates sobre temas culturais e políticos visando intervenções na realidade social. Os principais temas discutidos serão Intolerância Religiosa, Intolerância de Gênero e Meio ambiente.

PROGRAMAÇÃO:

17/08 –  18h às 22h

Abertura;

Reunião dos coletivos da Zona Oeste, com participação dos grupos:

Coletivo Piracema
Tudonumacoisasó
AgenAfro
Coletivo Waldir Onofre
Coletivo (R)existe Campo Grande

18/08  – 11h às 14h

Participação das resistências localizadas:

Ecomuseu de Sepetiba
50 cents
Pré Vestibular (R)existe
Quilombo do Rio da Prata

Participação dos convidados especiais:

Gabriel Silva – ONG Defensores do Planeta
Mãe Flavia Pinto – Baba da Umbanda e sociológa
Tatiana dos Santos – Pós-graduada em Políticas Públicas de enfrentamento a violência contra mulher (PUC-RIO)
Yango Ti Obaluwaiye – Ativista religioso, promoter social e integrante do AgenAfro

Serviço:

Evento – “Mês da Rexistência”

Data: 17 de agosto, das 18h às 22h ,e 18 de agosto, de 11h às 14h

Local: FEUC – Estrada da Caroba, 685, Campo Grande

Mais informações: https://www.facebook.com/events/600151000356224/

 

Imagem: Divulgação